2008-04-14

Captador para Viola Caipira!

Muitos me perguntam qual a ,melhor forma de amplificar a Viola. É isso mesmo "cumpádi", pra Viola falar mais alto, é preciso amplificar a danada! E a novidade, é que procurei amplificar sem ter que furar nenhum buraco para equalizador, rastilho ou saídas (fêmeas), evitando perda de som e aumentando a vida útil do instrumento. VAMOS PROSIAR sobre esse "setup" que estou usando na Turnê Mineira da Orquestra Viola de Arame.
Primeiramente esclareço que não aprovo o uso de "furos" na caixa de ressonância dos instrumentos acústicos, acredito que isso possa prejudicar a qualidade do instrumento. Portanto equalizadores internos, e saídas output considero proibitivas. Pensei em usar um captador cerâmico (que se encontra em qualquer boa loja de instrumentos), já que as cordas são de aço e podem captar bem. Só que a qualidade desses captadores, por serem baratos, é um pouco inferior, daí me veio a idéia de usar um pedal "EQUALIZADOR"(ver foto). Beleza, foi o que eu procurava, um som fiel ao instrumento que pode ser captado ou não, segundo a minha vontade. E ainda troquei a capa plástica do captador por madeira, dando uma disfarçada bem legal no visual!
Abraço de violeiro pra todos!
Luciano Borges



*foto: Mostro o equipamento usado no último sábado 12/04 durante apresentação na cidade de Paracatu/MG.

3 comentários:

Anônimo disse...

Caro violeiro, ouso sugerir um captador! Também sou contra qualquer tipo de "furo" na caixa de ressonância e não gosto, sinceramente, da solução por você encontrada! Na foto, pelo que pude perceber, você também não furou sua viola para colocação do parafuso para fixação da roldana da correia, certo? Pois bem, eu que toco de pé, fiz este sacrilégio e, a partir deste sacrilégio, é que faço minha sugestão! Use o captador Fishman PRO MATRIX NATURAL 2! É um Fishman em primeiro lugar, o que dispensa apresentações! Em segundo, trata-se de um captador de rastilh com cerca de 6,0 mm com pré-amplicação só que sem controle ou equalização, ficando tudo, inclusive a bateria, dentro da caixa de ressonância, aparecendo somente no JACK, que serve também de suporte para a correia! Fica aí a dica! Forte abraço! Wellington, de Brasília!

Cláudio Barbosa disse...

Boa noite!
Quero montar um esquema parecido com o seu. Mas não consigo visualizar a foto q postou

Abraço.
Claudio

Anônimo disse...

Senhores
Há anos estudo o som dos captadores. Tenho a sorte de viajar esse mundo tocando e experimentando.
Há muito tempo abandonei o Fishman porque ele tem um "quack", como chamam os americanos, inaceitável. É um barulho que não corresponde ao som original assim como os bobinados.
Hoje apenas os captadores com trandução (vibração da madeira) me conquistam.
A tecnologia está muito longe do Fishmam.
Procurem se informar a respeito de K&K, tenho na minha viola, e da marca LR Baggs.
Abraço